Menu & Search

MICROAGULHAMENTO EM CASA: 2 ANESTÉSICOS QUE TESTAMOS E APROVAMOS!

MICROAGULHAMENTO EM CASA: 2 ANESTÉSICOS QUE TESTAMOS E APROVAMOS!

Pedimos para uma dermatologista indicar os anestésicos que não precisam de prescrição médica.

Feito a partir de microperfurações na pele com um rolinho cheio de agulhas, o microagulhamento é minimamente invasivo, mas, dependendo da espessura, pode causar certo desconforto. Por causa disso, é aconselhado o uso de anestésicos para retirar a sensibilidade da pele e amenizar a dor durante o procedimento.

De acordo com a dermatologista Ane Maria Kunrath Simões Pires, de Porto Alegre, é importante que o anestésico tenha Xylocaína (nome comercial da lidocaína) na sua composição, para impedir que os estímulos nervosos cheguem ao cérebro, o que provoca a sensação de dor.

Ela alerta, no entanto, que a quantidade máxima do componente deve ser de 4%. “Mais do que isso, dependendo do tempo em que ficar em contato com a pele, pode até dar parada cardíaca”, explica. Por isso, sem acompanhamento médico é prudente usar os anestésicos mais fracos.

Nessa linha, selecionamos dois medicamentos que você pode comprar sem receita médica para fazer o microagulhamento em casa. São eles:

EMLA: é um dos anestésicos mais conhecidos do mercado. Possui lidocaína e prilocaína como substâncias ativas para adormecer a superfície da pele, por um curto período de tempo. É vendido em forma de pomada e deve ser aplicado entre uma e duas horas antes do início do procedimento. Durante a aplicação, é preciso colocar uma camada espessa de creme, sob uma bandagem oclusiva, que já vem na embalagem. O EMLA Creme vem em embalagem com 5 bisnagas contendo 5 g cada e 10 bandagens oclusivas ou em embalagem com 1 bisnaga contendo 5 g e 2 bandagens oclusivas.

DERMOMAX: produzido pelo laboratório Aché, é vendido em bisnagas de 5g e de 30g. A aplicação deve ser feita diretamente sobre a pele intacta, para garantir a liberação da lidocaína para as camadas epidérmica e dérmica. É importante lembrar que a área que receberá o tratamento deve ser toda coberta. O tempo, em média, para fazer efeito é de 30 minutos.

É fundamental destacar que esses anestésicos variamquanto à eficácia e ao tempo de duração do seu efeito, além de trazerem algumas contraindicações. Por isso, antes de realizar qualquer procedimento, é importante o aconselhamento com um profissional para que seja escolhido o melhor para você.

Para quem quiser conferir o passo-a-passo e todos os detalhes de como fazer o microagulhamento em casa, clique aqui.


GOSTOU DO ARTIGO?

COMENTE AGORA


Photography DA

0 Comments