Menu & Search

10 PASSOS PARA VOCÊ TIRAR O MELHOR PROVEITO DA VITAMINA C

10 PASSOS PARA VOCÊ TIRAR O MELHOR PROVEITO DA VITAMINA C

Não é de hoje que a vitamina C é considerada uma aliada poderosa dos procedimentos de beleza. Mas com o passar do tempo as formulações foram aprimoradas, as técnicas para estabilizar os ativos ganharam upgrade e o número de produtos à disposição dos público se multiplicou imensamente. Entenda o porquê deste fenômeno e saiba como tirar o melhor proveito deste recurso com as dicas da dermatologista Katleen Conceição, da Clínica Paula Bellotti, e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia do Rio de Janeiro.

  1. Missão

A Vitamina C, como é popularmente conhecido o ácido ascórbico, tem como principal função fazer com que moléculas de hidrogênio e oxigênio trabalhem em benefício do colágeno, relevando-se um importante agente antioxidante e fundamental para os tratamentos que restauram e preservam a integridade da pele.

  1. Benefícios

Como um bom antioxidade, a Vitamina C é eficaz na melhora da textura da pele, uniformidade, viço e na prevenção do aparecimento das primeiras rugas.

  1. Manchas

Uma das aplicações mais eficazes da Vitamina C tópica é no tratamento de manchas escuras. Ela não apenas clareia a pele como também inibe a produção de tirosinase – a enzima que estimula a hiperpigmentação da pele.

  1. Estabilidade

Um dos maiores desafios da Vitamina C é a capacidade de se manter estável no ambiente. Mas graças à nanotecnologia, os ativos do cosmético ficam protegidos da degradação por cápsulas de nanoesferas, que só são liberados no contato do produto com a pele durante a aplicação.

  1. Via oral

A Vitamina C oral também é útil na manutenção e preservação da saúde da pele. A vitamina consumida em cápsulas é capaz de protegê-la contra os danos da oxidação e ajudar na síntese do colágeno.

  1. Ácidos x Sais

Nem todos os produtos que trazem a indicação de Vitamina C no rótulo são, de fato, originados do ácido ascórbico. Muitos destes cosméticos são produzidos a partir de sais deste ácido, como o ascobil fosfato e o ascorbil glucoside. A diferença entre ativos de sais a ácidos é bem grande, sobretudo nos quesitos penetração e eficiência do tratamento.

  1. Tipos de pele

O tratamento com Vitamina C pode ser adotado por pessoas com qualquer tipo de pele. Mas para garantir a total eficiência do procedimento, é importante respeitar as particularidades de cada pele para garantir uma melhor absorção: quem tem pele oleosa deve optar por substâncias mais fluidas, mais leves, como os séruns. Já homens e mulheres de peles mais secas devem escolher texturas mais cremosas.

  1. Estabilização

Prefira os dermocosméticos industrializados aos manipulados. Eles são mais estabilizados e têm menor tendência à oxidação.

  1. Combo ideal

A ação da Vitamina C pode ser otimizada quando utilizada em combinação com o Retinol. O ativo, derivado da Vitamina A, é um aliado importante no processo de redução de rugas e linhas de expressão, especialmente na região dos olhos.

  1. Concentração

Os produtos mais eficientes disponíveis no mercado têm, geralmente, concentração de 20% de ativo na fórmula. Ou seja: do volume total do cosmético, 20% é Vitamina C pura. Mas esse percentual só será efetivo se o produto for realmente feito a partir do ácido ascórbico – não derivado de sais – e que tenha sido desenvolvido a partir de nanotecnologia, para preservar seu poder de ação. Por isso, leia sempre a bula com atenção!

 


GOSTOU DO ARTIGO?

COMENTE AGORA


 

Photography Istockphoto and Instagram

0 Comments